Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

“Me senti desprestigiado”: coronel Braga revela porque deixou o comando da Guarda Municipal

O tenente-coronel Antônio Roberto Pereira Braga, que comandava a Guarda Municipal, revelou na manhã desta sexta-feira o porquê de ter pedido demissão justamente no dia da formatura dos agentes.

Em entrevista ao programa Redação Brasil, o coronel Braga explicou que um dos motivos de ter deixado o comando da guarda foi a exoneração do coronel da reserva Esmeraldino Correia da Secretaria de Educação.

Braga contou que, pela amizade dos dois, não poderia permanecer no comando da Guarda, pois foi Esmeraldino quem o convidou, junto do ex-prefeito Herzem Gusmão. “Numa relação de amizade, a palavra ‘lealdade’ é muito importante para mim”, explicou.

Além disso, o comandante explicou que se sentiu desconsiderado pelo governo de Sheila Lemos (DEM) “Eu não conseguia mais falar com a prefeita. Eu me senti desprestigiado, sem atenção”, desabafou.

Na ocasião em que convidou o militar, o então prefeito Herzem teceu muitos elogios a ele: “Fico muito feliz que o Coronel Braga tenha aceitado o convite para assumir a nossa Guarda Civil Municipal. Nós, desde o início, falamos da nossa preferência por um militar. O nome de Antônio Braga goza de imenso prestígio na região e na Polícia Militar. Fico feliz que nossa Guarda Civil inicie os trabalhos com um comandante respeitado e de talento reconhecido”.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também