Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Dudé busca votos que elegeram Herzem e Sheila Lemos


A movimentação para as eleições de 2022 para deputado estadual e federal já começou a acontecer em Vitória da Conquista. Alguns vereadores da Câmara Municipal já anunciaram a sua pré-candidatura.

Esse é o caso do vereador Luís Carlos Dudé, que já lançou sua pré-candidatura a deputado estadual pelo Movimento Democrático Brasileiro e busca uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia no ano que vem. Apoiador de Herzem Gusmão, Dudé busca os 97.300 votos elegeu a chapa do ex-prefeito e de Sheila Lemos para governar a terceira maior cidade da Bahia.

Em entrevista ao Blog do Sena nesta terça-feira (20), o presidente da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, levantou um questionamento sobre o cenário das eleições de 2022:  para onde vai essa votação? “… nós temos cá um grupo que tem 97 mil votos, 100 mil votos, a serem disputados. Que é o grupo hoje liderado pela prefeita Sheila Lemos de um legado deixado pelo saudoso prefeito Herzem Gusmão, foram 97 mil e trezentos votos, então são 100 mil votos basicamente que nós estamos na disputa”, disse Dudé.

Para o vereador, os votos são capazes de eleger de forma democrática mais deputados que possam representar a cidade na Assembleia Legislativa da Bahia e no Congresso Nacional. “… é a votação que nós obtivemos em 2020 para a reeleição do saudoso prefeito Herzem, hoje exercida pela prefeita Sheila Lemos, é que a gente vai avançar. A gente precisa fazer uma política, mas a política com clareza, com franqueza, com democracia, sem nenhum tipo de demagogia, sem pisar em ninguém, é necessário dize isso, não precisa passar, atropelar, querer passar com trator por cima de ninguém para poder chegar a lugar algum. A política é feita de forma democrática”, ressaltou.

Dudé também chamou atenção para os candidatos que aparecem em busca de votos e só voltam depois de quatro anos. Segundo ele, para que representantes da cidade sejam eleitos, é necessário que eleitores de Vitória da Conquista fiquem atentos aos candidatos que aparecem em busca de votos e só reaparecem na época das eleições.

“Nós não podemos permitir em Vitória da Conquista é que as pessoas joguem fora este voto que pode ter mais representatividade em Vitória da Conquista. Nós não podemos permitir que os aventureiros cheguem em Vitória da Conquista e diga que esse voto a gente pode pegar para fulano, para beltrano, para isso, para aquilo e depois dá um tchau, um adeus para Vitória da Conquista pra voltar de novo daqui há quatro anos”, declarou o vereador.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também