Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Burburinhos da Política Conquistense: Após deixar MDB de Lúcia Rocha, Geanne Oliveira deve ir para o Cidadania


A secretária de Governo de Vitória da Conquista, Geanne Oliveira, comunicou nesta quarta-feira (15), que está deixando o Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

Em nota divulgada através das redes sociais, Geanne afirmou que sua saída se deve à inviabilidade de sua permanência na legenda, o que teria ocorrido após a morte do prefeito Herzem Gusmão no início do ano. Durante a gestão do ex-prefeito, ela também ocupava o cargo de secretária de Governo.

Sem deixar explícito, o texto dá a entender que a mudança pode ter sido impulsionada pela mudança na direção municipal da legenda ocorrida em julho desse ano, que colou a vereador Lúcia Rocha como presidente.

Após a mudança, essa é a segunda baixa sofrida pelo partido, o primeiro a deixar a sigla foi o ex-presidente, Lucas Batista, que assim como Geanne era um fiel escudeiro de Herzem Gusmão.

Apesar de não estar definido publicamente, informações obtidas com exclusividade pelo Blog do Sena dão conta que Geanne pode passar a compor Cidadania. Em Conquista, o Cidadania é composto por nomes como Élquisson Soares, Armênio Santos, Alexandre Pedral (sobrinho de J. Pedral) Olivério Andrade (irmão de Xangai), entre outros.

Na nota, a secretária fala em construir novos diálogos que possibilitem a formação de uma terceira via no município. Se a mudança de concretizar, Geanne continuará integrando a base aliada da prefeita Sheila Lemos (DEM).

Confira a nota na íntegra: 

“Bons amigos com quem convivi presencialmente ou virtualmente por longos anos. Hoje 15/09/2021, tomei a decisão de deixar o MDB, partido pelo qual lutei estes longos anos ao qual fui filiada desde 2002, tendo ajudado a eleger no município de Vitória da Conquista, por duas vezes, o saudoso prefeito Herzem Gusmão, e tendo contribuído para tirar localmente o partido no vazio legislativo de 8 anos. Após a morte de Herzem, aqui na Bahia, ficou inviável a minha permanência no partido. Deixo o MDB agora e o faço para que eu consiga espaço para localmente e regionalmente eu consiga garantir um espaço real para construir pontes que possibilitem realmente uma terceira via. Nem um extremo serve e neste momento precisamos reagrupar com diálogo verdadeiro o nós desse Brasil, infelizmente neste momento ,este movimento não parece ter eco dentro das cúpulas do MDB.  Vou militar em outras frentes, mas deixo para cada um de vocês a porta aberta permanentemente para o diálogo, levo o carinho e o respeito de muitos aqui com os que convivi e afirmo que o futuro é logo ali, quem sabe não nos encontraremos.
Um grande abraço para os amigos que fiz aqui”.

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também