Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

STF autoriza abertura de inquérito contra deputada bolsonarista Bia Kicis por racismo

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski determinou nesta quarta-feira (17) a abertura de inquérito para apurar suposta prática de discriminação racial pela deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF).

A deputada é alvo de representação por causa de uma postagem em que os ex-ministros Sergio Moro e Luiz Henrique Mandetta foram retratados com “blackface”, prática considerada racista.

Na ocasião, Kicis contestava o anúncio feito pelo Magazine Luiza de um trainee destinado exclusivamente a pessoas negras. “Desempregado, blogueiro Sergio Moro faz mudança no visual para tentar emprego no Magazine Luiza”, dizia a publicação. “Sem emprego e cansado de errar o pico, Mandetta mudou de cor e manda currículo para Magazine Luiza”, afirmava ainda.

As duas imagens são acompanhadas de um texto de autoria da deputada: “Cuidado, se você consegue enxergar racismo nesse post ao invés de vê-lo na atitude da Magazine Luiza, o estrago do ensino aos moldes de Paulo Freire pode ter sido muito grande na sua capacidade de interpretar textos e de compreender a vida”. ​

Ambos os políticos se tornaram desafetos do presidente Jair Bolsonaro após deixarem o governo federal e são alvos frequentes da militância bolsonarista.

“Os fatos narrados na manifestação podem constituir ilícitos penais, devendo-se salientar que, embora de forma ainda embrionária, os autos possuem elementos indiciários aptos a embasar o início das investigações”, afirma Lewandowski em sua decisão.

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também