Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

“Não é um local adequado”, diz cidadão à TV Sudoeste, após sepultar irmão no meio de lixo e entulho no novo cemitério de Conquista

Random image
Foto: reprodução TV Sudoeste

O novo Cemitério Municipal Campo da Paz de Vitória da Conquista voltou a ser assunto na cidade. Dessa vez, a situação do equipamento público foi destaque no Bahia Meio-Dia, jornal da TV Sudoeste, afiliada da Rede Globo, nesta segunda-feira (1). 

A reportagem da jornalista Nayla Gusmão mostrou a situação do novo cemitério. Muito lixo e entulho ao redor do equipamento. Dentro das covas, também foi mostrado que havia lixo. Em entrevista à emissora, seu Gilberto Novais comentou a triste situação do local. Há 5 meses, ele sepultou o irmão Aloísio Novais, vítima de doença chamada cirrose hepática. O morador de Vitória da Conquista afirmou que sabia que o local não era apropriado para a construção de um equipamento público e reclamou também do acesso para chegar no local.

“A gente já sabia que era um local que jogava restos de materiais, essas coisas assim, que é jogado tudo lá, né? Quando a gente chega já vê que é um local que não é adequado, o acesso é ruim. Um acesso que para chegar até lá pega um pedaço de estrada de chão e a estrada não está boa”, disse Gilberto. 

Foto: reprodução TV Sudoeste

Uma amiga da família também comentou a situação. Dona Helena contou a indignação que sentiu ao saber que o amigo seria sepultado no novo cemitério. “Me deu uma revolta. Sabendo que as covas estão abertas esperando o pobre miserável ser enterrado ali no lixo. Só indo lá para acreditar porque parece que é exagero”, disse Helena. 

Em nota enviada à TV Sudoeste e lida pelo apresentador Judson Almeida, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos disse que “a decisão de colocar o Cemitério Campo da Paz em funcionamento foi pela emergência surgida com o esgotamento do Cemitério do Kadija que não tem vagas para sepultamentos desde março deste ano”

A nota disse ainda que “a área onde está implantado o cemitério atende a legislação ambiental, não é e não foi uma lixeira, mas uma antiga cascalheira. A Prefeitura disse que vai reforçar a fiscalização no local e que ainda esta semana vai fazer uma limpeza e terraplanagem do terreno e que medidas vão ser tomadas para resolver esses problemas de forma definitiva”. 

Foto: reprodução TV Sudoeste

Em julho, o Blog do Sena informou sobre os problemas no Cemitério Campo da Paz. Além de muito lixo e entulho, também foram registrados urubus no local. O novo cemitério foi construído em uma área de 22.500 m 2 localizada no Bairro Zabelê, nas proximidades do Cemitério das Acácias. É dividido em três quadras, com capacidade total para 1.164 jazigos. E começou a ser construído em setembro de 2021. Apesar de ainda não estar finalizado, o Cemitério Municipal Campo da Paz está funcionando desde o dia 7 de março, quando foi inaugurado.  No espaço, já estão sendo realizados os sepultamentos.

O valor total da obra foi orçada inicialmente em R$700 mil. Mas, um aditivo publicado no Diário Oficial do dia 9 de maio, de mais R$ 102.652,91 deixou a obra no valor total de  R$805.785,46 para os cofres públicos municipais. A obra está sendo executada pela Empresa Municipal de Vitória da Conquista (Emurc) e a previsão para finalização da obra é novembro deste ano. 

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também