Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Conquista: Após polêmica da reforma, projeto de lei propõe que Teatro Carlos Jeovah e Mercado de Artesanato virem Patrimônio Cultural da cidade


Em março desse ano uma polêmica envolvendo Ian reforma no Mercado de Artesanato e no Teatro Carlos Jeovah, ambos localizados na Praça da Bandeira, em Vitória da Conquista, tomou conta do cenário político da cidade.

Os permissionários reclamavam que a Prefeitura queria retirá-los do local para realizar as intervenções, o que, segundo eles, não seria necessário. Eles também questionavam se poderiam voltar ao local quando a reforma fosse finalizada, uma vez que não estariam tendo acesso a uma documentação como garantia. Nesse intervalo, eles seriam alocados em um galpão na Rua do Triunfo.

Na ocasião, a prefeita Sheila Lemos (DEM), que havia acabado de assumir definitivamente o cargo, resolveu o imbróglio suspendendo a reforma.

Um projeto de lei de autoria do vereador Andreson Ribeiro (PCdoB) quer agora transformar os dois espaços, conhecidos pela tradição de abrigar eventos culturais, em Patrimônio Cultural Material de Vitória da Conquista. Encaminhado para a Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (18), o projeto prevê que as intervenções que serão realizadas futuramente nos espaços deverão ser submetidas à discussão junto ao Conselho Municipal de Cultura, necessitando de aprovação junto à Câmara.

A justificativa do projeto leva em conta justamente as décadas de tradição que tanto o Mercado de Artesanato quando o Teatro Carlos Jeovah adquiriram ao longo do tempo abrigando eventos culturais e se tornando referências para o cena cultural conquistense.

O projeto deve ser lido nas próximas sessões das Casa e deve provocar muito burburinho entre vereadores governistas e oposicionistas.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também