Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Vice-governador afirma que será candidato ao governo do estado. “O que eu quero é ser candidato a governador da Bahia”, diz João Leão

 

Em entrevista ao programa jornalístico UP Notícias, na tarde desta segunda-feira (29), o vice-governador da Bahia, João Leão, confirmou seu desejo de ser candidato a Governador do Estado pelo Partido Progressista (PP).

De acordo com João Leão, a Bahia é um dos estados mais ricos do Brasil e que pretende ser um bom governador para resgatar o potencial do estado. “O que eu quero é ser candidato a governador da Bahia. Para fazer neste estado as transformações que o estado precisa. O estado da Bahia é um estado muito rico, é um dos mais ricos da Federação Brasileira. Nós temos o dobro da área territorial de São Paulo, nós temos o dobro da quantidade de riquezas naturais ou mais do que o estado de São Paulo, e não tem sentido São Paulo ser mais rico que a Bahia. Quer que nós precisamos? Um bom governo para resgatar a Bahia daquilo que ela precisa. E é isso que João Leão quer fazer”, contou. 

Nos bastidores políticos, foi levantada a hipótese de João Leão ainda concorrer ao Senado Federal pela chapa de ACM Neto (DEM). No entanto, o vice-governador negou e reafirmou que seu propósito é ser candidato ao Governo da Bahia.

“Eu nunca conversei, nunca dialoguei política com Neto. Absolutamente nada! Eu tenho um grupo político, um grupo político que eu pertenço há 14 anos. Então eu estou ligado a este grupo. Porém, se esse grupo disser “Não Leão, nós não queremos você candidato a governador”, aí eu vou tomar as minhas providências”, disse.

Apesar de negar conversa sobre política com ACM Neto, que também é pré-candidato ao Governo da Bahia pelo Democratas, Leão afirmou que, na hipótese dos partidos da base aliada não lançar seu nome para Governo do Estado,  ele estará disposto a conversar com Neto, caso  o democrata tenha interesse de apoiar a sua candidatura. 

“Agora se Neto quiser vim, se por acaso meus companheiros do PT, do PSD e do PSB não quiserem, como candidato, aí eu vou fazer as minhas coligações necessárias. Se Neto quiser vim para me apoiar, para ser candidato a governador, aí nós vamos conversar, vamos discutir”, declarou. 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também