Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Sheila Lemos pede mais leitos pediátricos de UTI Covid-19 ao Governo do Estado

Em entrevista ao Jornal Band News, da Band FM, nesta quinta-feira (29), a prefeita de Vitória da Conquista, Sheila Lemos (DEM), falou entre diversos assuntos, sobre a solicitação de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Clínicos de Covid-19  adulto e pediátrico para a região sudoeste feita ao Governo do Estado.

Logo quando o Governo do Estado começou a decretar toque de recolher nas cidades baianas, em fevereiro deste ano, a prefeita solicitou ao governador Rui Costa (PT), novos leitos para o tratamento da Covid-19 para a região sudoeste. Segundo ela, o objetivo era desafogar os hospitais de Vitória da Conquista.

Na época, quando ainda o número de pacientes internados que moram em Vitória da Conquista, era menor que o número de pacientes de outros municípios da região, a gestora enfatizou que a quantidade de leitos clínicos contratados pelo Governo do Estado era pequena para a atender a região sudoeste, uma vez que dos 78 leitos clínicos, 40 foram contratados pela própria prefeitura de Vitória da Conquista.

Na entrevista de hoje, a gestora relembrou a conversa que teve com Rui Costa e comentou sobre os 10 leitos que estado abriu na cidade de Caetité.

“Na época nós pedimos que ele implantasse 20 leitos na região sudoeste. Na verdade, a gente nem pediu que fosse me Conquista porque aqui já não tinha mais hospital credenciado para isso. O são Vicente não tem mais espaço, o Hospital de Base não tem mais espaço, O IBR, lá teve um problema, e acho que não teria mais essa disponibilidade porque já estavam com os leitos ocupados na rede particular, então seria na região sudoeste. Ele reabriu 10 leitos em Caetité. Nós pedimos 20, mas ficou de abrir leitos também em Guanambi.”, disse

A conversa teve resultado. Em março, o Governo do Estado instalou 10 leitos de UTI na cidade de Caetité e mais 10 leitos no Hospital Regional de Guanambi. Somados aos 70 leitos de UTI de Vitória da Conquista, a região sudoeste possui 90 leitos de UTI exclusivos para o tratamento da Covid-19.

Sheila Lemos ainda falou sobre uma outra conversa que teve com Rui Costa. De acordo com ela, foi solicitado ao governador que alguns leitos de UTI adulto sejam transformados em leitos pediátricos, assim que os números de internamento começar a ter uma queda considerável. Ainda segundo a gestora, a preocupação é com a volta às aulas presenciais e a cidade só tem apenas uma UTI pediátrica.

“Nós temos uma conversa com ele, de que assim que caírem os números de internamento de adultos, ele transforme esses leitos de UTI em leitos pediátricos, porque nós só temos um único leito pediátrico em Vitória da Conquista. E nossa preocupação com volta às aulas é justamente isso, se a criança adoecer, a gente não tem leito SUS para internar essa criança”, disse Lemos.

De acordo com o boletim coronavírus, divulgado pela prefeitura na quarta-feira (28), Vitória da Conquista possui 620 casos ativos da doença. Sendo que, 75 estão internados e 545 internados em tratamento domiciliar.

A taxa de ocupação de leito clínicos é 60,3%, sendo que a quantidade de munícipes continua superior a de pacientes da região, registrando 35,9%. Já A taxa de ocupação geral da UTI teve uma pequena baixa e 87,1% dos leitos estão ocupados, sendo que 41,4% são moradores de Vitória da Conquista e 45,7% de moradores da região sudoeste


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também