Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Paralisação agendada por bancários em Conquista não acontecerá nesta terça; categoria se reunirá com Ministério da Saúde

Uma paralisação dos bancários que aconteceria nesta terça-feira (8) em Vitória da Conquista foi desmarcada pela categoria. O Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista está se mobilizando para que os profissionais da classe sejam incluídos no Plano Nacional de Imunização.

A decisão pelo cancelamento foi tomada em reunião na noite dessa segunda (7) com a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), na qual ficou decidido que um encontro com o Ministério da Saúde será realizado na próxima semana. A informação foi divulgada pelo presidente do Sindicato, Leonardo Viana, na manhã desta terça, no programa Brasil Notícias da rádio Brasil FM.

A paralisação das atividades havia sido aprovada na última sexta-feira (6) em assembleia virtual. No sábado, ocorreu uma carreata promovida pelo Sindicato em Conquista para cobrar vacinação da categoria bancária.

O presidente do sindicato explicou que “ontem já estávamos com todos os preparativos para a paralisação, mas nós tivemos uma reunião no final da tarde com a Fenaban, que se comprometeu a intermediar um diálogo com o Ministério da Saúde para que a gente pudesse discutir, através do nosso comando nacional dos bancários, a situação da categoria durante essa pandemia”.

Leonardo Viana denuncia que até agora tentaram diálogo com todas as instâncias da unidade federativa, os Governos Federal, Estadual e Municipal. Foram atendidos pela Secretaria de Saúde do estado após um ano tentando diálogo e a Prefeitura sequer responde os e-mails e correspondências da categoria, relata.

Apesar de constar como serviço essencial, os trabalhadores não estão inclusos no Plano Nacional de Vacinação e reivindicam entrar na fase 4 do planejamento.

Situação dos bancários

Viana traz dados preocupantes em relação aos bancários nesta pandemia. Ele conta que, na semana passada, três funcionários testaram positivo para Covid-19 em uma mesma agência de Poções (BA). Apenas no primeiro semestre de 2021, houve aumento de 176% de desligamentos por morte em relação a todo o ano de 2020.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também