Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

OAB e ambulantes repudiam a agressão sofrida por irmãos deficientes visuais, após reclamarem de barracas sobre o piso tátil na Estação de Transbordo

A agressão do casal de deficientes visuais ocorreu na terça-feira (28), na Estação de Transbordo, em Vitória da Conquista. Eles se desentenderam com um ambulante por causa de barracas instaladas sobre o piso tátil, o que estaria atrapalhando a locomoção casal.

Como o pedido não foi atendido, eles teriam começado a empurrar as barracas. Neste momento, o ambulante partiu para cima socando e chutando os dois.

Ao Blog do Sena, alguns ambulantes repudiaram o ato e informou que o camelô que agrediu o casal não representa a categoria.

“Repudiamos totalmente a atitude dessa pessoa que se diz ser camelô, não nos representa, nem faz parte do nosso grupo”, diz o representante da categoria

A Ordem dos Advogados do Brasil Subseção de Vitória da Conquista, por meio da Comissão dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Necessidades Especiais,  também  se posicionou sobre o ocorrido e divulgou uma nota de repúdio.  O órgão lamentou o ocorrido e informou que “presta toda assistência às vítimas, bem como, toma as necessárias providências para que fatos como esse, não voltem a ocorrer.”

A nota também diz que a OAB  “buscará junto aos órgãos competentes a aplicação da Justiça”

Veja a nota da OAB na íntegra:

A Ordem dos Advogados do Brasil Subseção de Vitória da Conquista, por meio da Comissão dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Necessidades Especiais, vem a público repudiar, veementemente, a condenável agressão fisica perpetrada por vendedores ambulantes contra dois irmãos deficientes visuais. O ocorrido aconteceu na última quintafeira (21), no Terminal de Önibus/ Estação de Transbordo de Vitória da Conquista Bahia, localizado na Avenida Lauro de Freitas.

A Ordem dos Advogados do Brasil Subseção de Vitória da Conquista lamenta o ocorrido e de forma comprometida, presta toda assistência às vítimas, bem como, toma as necessárias providências para que fatos como esse, não voltem a ocorrer.

Sendo assim, a OAB-Conquista repudia qualquer ato de violência e buscará junto aos órgãos competentes a aplicação da Justiça. Na oportunidade, convidamos toda a sociedade para juntos fiscalizarmos e lutarmos para que o Direito de ir e vir da pessoa com deficiência seja respeitado


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também