Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Conquista: “É você colocar alunos e professores em risco”, diz vereador sobre indicação de retorno às aulas presenciais e defende Campanha Salarial da categoria

Foto: Blog do Sena

Em entrevista o Blog do Sena, o Presidente da Bancada de Oposição da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, Valdemir Dias (PT), falou sobre a indicação de retorno às aulas presenciais na cidade que foi aprovada por 8 votos a 6 durante a sessão da última semana.

Valdemir, que  também é ex-secretário de educação municipal, explicou que a Bancada de Oposição votou contra a indicação porque acredita que o retorno às aulas sem a vacina e protocolos de segurança contra a Covid-19, podem colocar a vida dos professores e alunos em risco.

“A nossa bancada, os que estavam presentes, votaram contra por entender que esse não é o momento. É você colocar alunos e professores em risco. Nós estamos com a vacina aí chegando para os professores, o governador Rui Costa está liberando para os professores, para essa imunização, então agora nós estamos em plena pandemia, ascensão da pandemia. Os hospitais, sempre crescendo a ocupação de leitos, tanto de UTI quanto leitos clínicos, então esse não é o momento”, declarou Dias.

O vereador ainda ressaltou que esse o momento da vacinação e questionou a falta de protocolos de segurança contra a Covid-19 por parte da prefeitura. “Esse é o momento de vacinação, é o que nós queremos para todas as pessoas, para que tenham o mínimo de estrutura nas escolas e um protocolo. Que protocolo a prefeitura tem? A prefeitura até o momento não apresentou para essa casa um protocolo geral, imagine para as escolas. Então não foi apresentado isso, então não é o momento”, comentou.

Nesta semana, o Sindicato do Magistério Público de Vitória da Conquista (SIMMP), se reuniu com os vereadores da Bancada de Oposição. Na ocasião, além da indicação, outras pautas foram debatidas, entre elas, a Campanha Salarial 2021 dos profissionais de educação. O vereador explica, que o sindicato está apenas solicitando uma reposição de 2018 até 2020. Durante esse período do mandado do governo Hezem, a categoria não recebeu reajuste salarial.

“Estamos aqui já fazendo essa discussão da campanha salarial, quero ressaltar a comunidade que o SIMMP não está pedindo aumento de salário, o SIMMP está pedindo uma reposição das perdas de 2018 para cá. Porque houve um achatamento da tabela, a tabela do professor foi totalmente destruída. Então o governo conseguiu, de 2018 para cá, destruir totalmente a tabela”, ressaltou Dias.

Além disso, também foi debatido a falta de estrutura dos profissionais de educação da rede municipal para a realização do ensino remoto. De acordo com o vereador, a prefeitura não proporcionou uma estrutura adequada. E por fim, reafirmou que a Banca de Oposição estará defendendo a categoria.

“Os professores e alunos estão usando seus equipamentos, internet, seus smartfones, abrindo mão do seu celular para estar dando aula. A prefeitura até o momento não deu nenhuma estrutura para os professores (…). Então o sindicato trouxe, dentre outras pautas, para discutir e nós aqui recebemos, anotamos e a Bancada de Oposição vai estar ao lado do sindicato na defesa de toda categoria”, finalizou Dias.

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também