Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Conquista: Com suspeita de Coronavírus, morador do Bairro Vila Serrana não conseguiu resultado do teste e precisou voltar ao trabalho sem ter um diagnóstico; município está sem testes da doença

Os problemas relacionados à saúde pública em Vitória da Conquista se acumulam. Durante o último ano do primeiro mandato do ex-prefeito Herzem Gusmão, o município viveu uma verdadeira crise, com a suspensão do atendimentos em hospitais que recebiam repasses do governo municipal.

Com a pandemia de Coronavírus, os problemas na saúde ganharam uma proporção ainda maior. Na última semana, o Blog do Sena foi procurado por Wilson Gonçalves, morador do bairro Vila Serrana, ele teve suspeita de Coronavírus e precisou retornar ao trabalho sem um diagnóstico definitivo, porque a Unidade Básica de Saúde José Gomes Novaes não entregou o resultado do exame feito há várias semanas.

”Eu tive aqui para fazer um teste do Coronavírus e fui mandado para o Glauber Rocha, isso depois de 6 dias. Após 8 dias, eu vim tentar buscar o resultado aqui e não consegui. A empresa em que trabalho queria um atestado para comprovar que eu estava enfermo, então eu voltei a trabalhar sem o diagnóstico. Se eu dependesse desse resultado, eu já estaria morto”, desabafou o morador.

A demora na entrega de resultados não se limita aos testes de Coronavírus, segundo seu Wilson, ele contou que sua esposa e um amigos, que também moram no bairro e são atendidos pela unidade de saúde em questão, já estão há mais de 3 meses aguardando o resultado de um exame sem sucesso.

Outro problema que vem permeando o diagnóstico de Coronavírus é a falta dos testes. Na sexta-feira (11), o Blog do Sena foi contactado por leitores que tentaram agendar o teste através do Call Center disponibilizado pela Prefeitura, mas foram informados que não havia testes. Nossa reportagem ligou e recebeu a mesma informação, a previsão é que novos testes sejam recebidos na quinta-feira (17).

Nossa produção entrou em contato com a Prefeitura através da Secretaria de Comunicação (Secom), mas, não recebemos uma resposta oficial.

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também