Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Com infiltrações, goteiras e falta de atendimento odontológico, moradores denunciam problemas na Unidade de Saúde do Nova Cidade

Random image
Foto: Enviada ao Blog do Sena

A  precariedade da Unidade de Saúde do bairro Nova Cidade, em Vitória da Conquista, tem afetado os moradores que precisam de atendimento médico.  A situação do importante equipamento para a população é de abandono. 

Em contato com o Blog do Sena, nesta segunda-feira (1), um leitor denunciou os problemas na unidade de saúde. As paredes de algumas salas estão com infiltrações e a pintura já caiu. Nas fotos, é possível verificar que o reboco da parede já não existe mais.

Foto: Enviada ao Blog do Sena

Além disso, segundo a denúncia, o posto de saúde está com goteiras no telhado. Quando chove, a água entra dentro das salas causando transtornos para os servidores que atuam no local.  Apesar da precariedade, alguns atendimentos continuam sendo realizados no local colocando em risco a saúde dos pacientes e até dos servidores municipais. 

Foto: Enviada ao Blog do Sena

Além da falta de estrutura digna para os usuários, ainda falta serviços de saúde. De acordo com a denúncia, o posto de saúde do Nova Cidade está sem atendimento odontológico há mais de um ano. O motivo seria as condições precárias de onde eram realizados os atendimentos e não ocorreu a transferência para uma outra sala. 

As fotos registradas pelo leitor, que é usuário do local, mostram a gravidade dos problemas. A situação da Unidade de Saúde da Família do bairro Nova Cidade só vem piorando. Em fevereiro deste ano, o Blog do Sena noticiou os problemas no local. Além das salas já em condições precárias, o mato alto tomou conta dos muros da unidade como noticiamos em janeiro deste ano. 

Foto: Enviada ao Blog do Sena

Em nota enviada ao Blog do Sena, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Diretoria Administrativa,  informou que “a Unidade de Saúde da Família Nova Cidade é um equipamento entregue à população, em sede própria, no ano de 2015, e desde então vem apresentando diversos problemas estruturais.”

A SMS  também disse que “tem acompanhado a situação, e em 2018 e 2020 acionou a construtora que foi responsável pela obra para que corrigisse as falhas de construção, que, mesmo após as manutenções feitas, ainda permanecem.”

Ainda de acordo com a SMS, “neste momento está sendo realizada uma perícia a fim de averiguar quais as causas dos problemas, além de determinar quais intervenções serão necessárias para o reparo definitivo da unidade”.

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também