Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Centenário de Paulo Freire é festejado em audiência pública na Câmara de Vereadores

Um dos brasileiros mais festejados nas áreas acadêmica e das políticas públicas, dentro e fora do Brasil, completaria 100 anos no dia 19 de setembro. Paulo Freire inovou com seus métodos de alfabetização e reflexões sobre o papel da educação para o desenvolvimento pleno do indivíduo. Sua obra segue sendo estudada, citada e utilizada em práticas educacionais em todo o mundo. O seu centenário foi festejado pela Câmara de Vereadores numa audiência pública ocorrida na noite dessa terça-feira, 21. A iniciativa foi proposta pela vereadora Viviane Sampaio (PT).

Natural de Recife, Pernambuco, Freire foi exilado político, perseguido pela Ditadura Militar, esteve na fundação do Partido dos Trabalhadores (PT), participou do governo de Luiza Erundina na prefeitura de São Paulo, na pasta de Educação, e, sobretudo, produziu uma extensa obra sobre educação que permanece viva como objeto de estudos científicos e também base para políticas públicas de educação. Paulo Freire faleceu em dois de maio de 1997.

Segundo Viviane Sampaio, “hoje é um dia de celebração, mas também de defesa de um nome, de uma história e de um legado. O educador Paulo Freire dedicou sua vida à educação e se tornou conhecido mundialmente graças à sua luta e sua entrega”. A parlamentar destacou a longevidade da memória do educador. “Paulo Freire vive! Mais que uma memória e um conjunto de livros, seu legado está estampado em cada escola brasileira, seja ela de qual nível for, pública ou particular, estadual, municipal ou federal”, afirmou.

Durante a audiência, foi exibido um vídeo com falas de Freire e também depoimentos sobre educador e um outro material produzido e apresentado pela atriz e professora Adriana Amorim. Participaram da audiência: o Reitor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), Luiz Otávio Magalhães; a representante do Núcleo Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Guacyra Costa; o presidente do Conselho Municipal de Educação, Marco Vinícius Pires; a professora do município e presidente do Simmp, Elenilda Ramos; o diretor regional da APLB Sindicato, César Nolasco; a estudante e vice-presidente da União dos Estudantes da Bahia UEB), Larice Ribeiro; o professor da Uesb e pesquisador da obra de Paulo Freire, José Jackson Reis; a pedagoga, professora da Uesb e coordenadora do Fórum Municipal de Educação, Talamira Brito; além dos vereadores Chico Estrella (PTC), Líder do Governo, e Alexandre Xandó (PT).

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também