Blog do Sena – Vitória da Conquista- Bahia

Bolsonaro diz que haverá ‘rebelião e caos’ se for decretado lockdown

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que o país será palco de uma “rebelião” e que haverá um cenário de “caos” caso governadores e prefeitos decretem suspendam mais uma vez as atividades sociais e econômicas e decretem lockdown. Além de criticar os chefes do Executivo nos estados e municípios, Bolsonaro voltou a dizer que não vai se vacinar contra a Covid-19.

Para Bolsonaro, na hipótese de ser decretada a suspensão das atividades, as Forças Armadas não conseguiriam garantir a ordem. “O Brasil não resiste a um novo lockdown. Será o caos. Será uma rebelião, uma explosão de ações onde grupos vão defender o seu direito à sobrevivência. Não teremos Forças Armadas suficientes para a garantia da lei e da ordem”, afirmou o presidente em entrevista à TV Jovem Pan News, que foi ao ar nesta terça-feira (11).

O presidente voltou a dizer que não se vacinou contra a doença e que não vai tomar o imunizante. “Eu não tomei a vacina. É o meu direito”, afirmou. “Não vão forçar, porque eu não vou tomar. Nenhum homem aqui no Brasil ou uma mulher vai me obrigar a tomar a vacina”, disse o presidente, que afirmou novamente que se fosse infectado, não teria complicações em razão de seu “passado atlético”.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também