Dia do Jornalista: Mais de 400 ataques contra jornalistas foram registrados em 2020; veja a reportagem da TV Uesb

Independente do modelo e plataforma (TV, rádio, sites e portais de notícias), o jornalismo tem se destacado em relação à sua função social: levar informação.

Durante a pandemia do novo coronavírus, evidenciou ainda mais a importância do jornalismo de qualidade e como a informação pode sim salvar muitas vidas. Além de combater as fake News, os jornalistas no Brasil ainda foram vítimas de ataques.

De acordo com o relatório da federação nacional dos jornalistas (Fenaj), ao todo, foram 428 ataques contra jornalistas e a imprensa em geral, registrados em 2020. Entre os ataques estão agressões verbais, físicas e virtuais, censura, intimidações, ameaças, assédio judicial  e até assassinatos.

Nesta quarta-feira, 7 de abril, é comemorado o Dia do Jornalista. A TV Uesb exibiu uma matéria informativa sobre a importância do trabalho destes profissionais e os ataques que estão sofrendo.

Confira:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.