Conquista: Veículos continuam amontoados dentro e fora do Disep; delegado aponta soluções

Foto: Blog do Sena

O problema é antigo e continua incomodando os moradores do bairro Jurema, em Vitória da Conquista. Quem mora nas proximidades do Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep), precisa dividir o espaço das ruas com os veículos apreendidos.

Os carros foram apreendidos em operações policiais e ficam à disposição da justiça. Como a própria justiça não tem espaço para acomodar os veículos, a Polícia Civil que tem realizado esse trabalho. No entanto, dentro do estacionamento do próprio Disep já não tem mais espaço e os veículos acabam ficando nas ruas em torno para que as câmeras de monitoramento possam garantir a segurança. Enquanto isso, o local se torna um amontoado de carros e até carretas, sendo inclusive um criadouro para o mosquito da dengue.

Foto: Blog do Sena

O Coordenador de Polícia Civil de Vitória da Coqnuista, o delegado Fabiano Aurisch, em entrevista ao Blog do Sena nesta quarta-feira (01), reconheceu o problema e explicou que o processo para retirar todos os veículos do local foi adiado devido a pandemia.

“O ano passado, a gente estava com o processo adiantado para tirar todos veículos aqui do pátio Disep e envolta do Disep também. Ocorre que com a pandemia, houve mudanças no quadro e no panorama do Estado geral, do Brasil todo, e os leilões, previstos para ocorrerem no ano passado, acabaram não ocorrendo”, disse Aurisch.

Foto: Blog do Sena

O delegado ainda disse que uma alternativa para solucionar o problema está sendo analisada. Seria uma parceria com uma empresa de segurança ou com a própria Prefeitura de Vitória Conquista para administração do pátio.

“A empresa que estava tomando conta do pátio, entregou o pátio, e nós estamos tentando outra forma com Salvador e com a Prefeitura Municipal, fechar um convênio, passando o pátio nosso da Polícia Civil para a administração em parceria Prefeitura e o Estado. Do outro lado estamos tentando contratar uma empresa de segurança, está dependendo de uma autorização de Salvador para poder fazer o contrato de licitação, para tomar conta do pátio.

Foto: Blog do Sena

Apesar da urgência, o delegado não deu prazo e justificou que tudo depende da autorização da Corregedoria da Polícia Civil. “Não temos vagas para estacionar os nossos carros quando a gente chega no trabalho, não tem vaga. Então,  a gente está tentando finalizar esse contrato com a empresa de segurança ou com a prefeitura, melhorando a segurança que hoje é uma área monitorada, mas não é plena a segurança,  e receber a autorização da nossa Corregedoria de Polícia Civil que tem que autorizar. A Corregedoria autorizando, a gente vai tirar todos os veículos daqui”, ressaltou o delegado Fabiano Aurisch

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.