“Estou sendo julgada, estou sendo crucificada”, diz servidora que injetou seringa em idosa e não aplicou vacina

A técnica de enfermagem que foi flagrada em vídeo injetando e tirando seringa do braço de uma idosa, mas sem aplicar a vacina da Covid-19, na cidade de Rio do Pires, sudoeste da Bahia, divulgou vídeo se desculpando pelo ocorrido. 

A servidora identificada como Danila, que foi exonerada, disse que não sabe o que aconteceu e afirmou que o caso não se tratou de golpe.

“Errei no momento que fui administrar a vacina em dona Aparecida, lá na comunidade de Contagem. Não sei, gente, o que aconteceu no momento. Até agora não consigo entender. Não está sendo fácil para mim o que estou passando. Estou sendo julgada, estou sendo crucificada. Não foi um golpe. Jamais eu faria isso com ninguém”, falou Danila no vídeo.

No vídeo, a profissional pediu desculpas à família da idosa e disse que é a primeira vez que um caso do tipo ocorre com ela.

“Venho há sete anos trabalhado nessa comunidade, e nunca ocorreu um erro desse. Mas infelizmente, ontem foi meu dia. O dia que aconteceu. Eu venho aqui pedir desculpas à família de dona Aparecida. Estou muito triste, estou com o coração angustiado com tudo isso que está ocorrendo, só que não poderia deixar de me pronunciar”, finalizou Danila.

O caso ocorreu na quarta-feira (24), na comunidade de Contagem, zona rural do município de Rio do Pires.

O prefeito da cidade, Vânio de Gildásio (PP), atribuiu a conduta da profissional a uma “desatenção”. Segundo ele, a mulher é técnica de enfermagem contratada pelo Município há cerca de sete anos. Ele contou ainda que a seringa com o líquido imunizante foi encontrado no lixo, junto com as outras que foram utilizadas.

Na quinta-feira (25), uma equipe de saúde foi enviada novamente à comunidade de Contagem e fez a imunização da idosa.

A prefeitura de Rio do Pires informou ainda que um processo administrativo será aberto para apurar a ocorrência.

Confira o vídeo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.