“A gente tem que obedecer, a gente não pode descumprir um decreto estadual”, afirma prefeita Sheila Lemos sobre o toque de recolher

As discordâncias entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Vitória da Conquista acerca dos horários do toque de recolher se estendem desde o mês de fevereiro. A antecipação do horário do toque primeiro para 20h e depois para às 18h gerou ainda mais discordâncias.

Na última quarta-feira (24), o município entrou com um recurso no Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), pedindo que o horário não fosse antecipado. No entanto, como divulgou com exclusividade o Blog do Sena, o TJBA negou o pedido, julgando o recurso como “sem resolução do mérito”.

Na manhã desta quinta-feira (25), nossa equipe entrevistou a prefeita Sheila Lemos (DEM), ela disse que o município vai seguir as determinações do Governo do Estado. “O que a gente solicitou ao Governo do Estado foi estender o horário de funcionamento de supermercados, que é onde está havendo aglomerações, e escalonar os horários de saída, porque todas as pessoas estão saindo do trabalho ao mesmo horário, provocando aglomerações nos pontos e no transporte público. Não foi esse o entendimento Governo do Estado e da Justiça, então nós vamos seguir o que foi estabelecido, porque nós não podemos descumprir um decreto estadual”, disse a prefeita.

Hoje, o governador anunciou que  prorrogou até o dia 5 de abril o toque de recolher em todo o território baiano, ficando determinada a restrição de locomoção noturna das 18h às 5h. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.