“A cidade ainda está de luto pela partida do prefeito Herzem Gusmão”, diz Dudé sobre 7º dia do falecimento do gestor

Nesta quinta-feira (25), faz sete dias que o prefeito Herzem Gusmão (MDB) faleceu no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em decorrência de sequelas causadas pelo Coronavírus. Herzem ficou internado por 3 meses, chegou a sair da UTI, mas precisou voltar, não resistindo e vindo a óbito. No último sábado (20), a população conquistense se despediu emocionada do gestor, que era também um grande nome do rádio conquistense.

O Blog do Sena entrevistou hoje um dos grandes aliados do prefeito desde o primeiro mandato, o presidente da Câmara de Vereadores, Luís Carlos Dudé (MDB). Em seu principal reduto, o Bairro Alegria, que foi marcado por diversas obra do prefeito, Dudé falou sobre o luto pela partida do prefeito e também as homenagens que ainda serão prestadas. “A cidade ainda de luto pelo falecimento do prefeito, mas o trabalho está sendo tocado, porque a cidade não pode parar, mesmo cumprindo e obedecendo o luto. A prefeita Sheila Lemos segue cumprindo sua agenda, fazendo os despachos de dentro do seu gabinete. Fizemos todas as homenagens que deviam ser feitas ao prefeito, outras homenagens ainda serão feitas, inclusive tramita dentro da Casa, o projeto de lei de denominação da Estação de Transbordo, com o nome do prefeito Herzem Gusmão. Nós estamos prestando todas as homenagens ao saudoso prefeito”, afirmou Dudé.

O novo terminal deve ser inaugurado no próximo mês. Já a aprovação do projeto de lei que batiza o local com o nome do gestor deve ser aprovado nas próximas semanas.

Para Dudé, o fato da gestão municipal para outro partido não muda em nada as relações. “Sheila hoje é prefeita disputando a eleição com o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e Democratas (DEM). Então, não muda em nada”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.