Conquista: Nova posse de Sheila Lemos não é necessária, afirma vereador

A posse da prefeita de Vitória da Conquista, Sheila Lemos (Dem), foi marcada para 10h desta segunda-feira (22$, na Câmara Municipal. A cerimônia será restrita para a prefeita, os vereadores e a imprensa.

No entanto, o vereador Andreson Ribeiro (PCdoB) afirmou que a nova posse seria um ato desnecessário. De acordo com ele, a prefeita tomou posse no começo do ano assumindo tanto o compromisso como vice-prefeito e como prefeita, uma vez que o prefeito Herzem Gusmão, falecido na última quinta-feira (19), já se encontrava impossibilitado de assumir o cargo em decorrência de seu estado de saúde.

“Ela já havia tomado compromisso como vice e como prefeita em exercício, e não há previsão legal determinando uma nova posse”, afirmou o vereador em contato com o Blog do Sena.

De acordo com a Lei Orgânica do Município, o mandato do prefeito Herzem Gusmão foi extinto por conta de sua morte. Assim, a substituta legal é a vice. No entanto, ele já tinha tomado posse como prefeita em exercício desde o início do mandato, em virtude do afastamento de Herzem, que já estava acometido das sequelas da COVID-19 no período.

Diante das aglomerações registradas no último sábado (20), durante a despedida ao prefeito Herzem Gusmão, o vereador manifestou ainda preocupação com a possiblidade do ato de posse favorecer novas aglomerações.

Essa foi a primeira vez que um prefeito morreu durante o mandato em Vitória da Conquista. Assim, a posse de Sheila também será um ato histórico para o município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.