Conquista: Guardas municipais devem estar nas ruas em maio, mas sem o uso de armas letais

Uma aula magna ocorrida no último dia 8 marcou o início do processo preparatório dos novos guardas municipais de Vitória da Conquista. A 1ª Turma da Guarda Municipal por 352 horas de curso preparatório.

Na tarde da última quarta-feira (17), o Blog do Sena entrevistou o comandante da Guarda, o tenente-coronel Braga, para saber como está sendo o processo de preparação. “No dia 9 demos início à nossa jornada pedagógica, que vai transcorrer em 9 semanas, sendo a última semana um estágio supervisionado. Então, a previsão é que na segunda quinzena do mês de maio nós já estejamos na rua, juntamente com todas as forças de segurança desse sistema de defesa social de Vitória da Conquista”, afirmou o comandante.

Sobre a utilização de armas letais, o tenente-coronel informou que só será iniciada após o concurso público para a contratação de novos agentes para a Guarda. “A utilização de armas letais vai ficar um pouco mais para frente, com os novos concursado”, disse.

Na última semana, as polêmicas entorno da constitucionalidade da criação da Guarda Municipal pelo prefeito Herzem Gusmão no final do seu primeiro mandato voltaram à torna. O vereador Chico Estrella afirmou que vai entrar com uma ação junto ao Ministério Público contra a Guarda. Ele questionou ainda a utilização de armas letais, posto que, segundo ele, a Polícia Federal que é responsável por oferecer o treinamento com essas armas não o fará, uma vez que a lei que cria a Guarda é inconstitucional.

Confira entrevista com o comandante na íntegra:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.