Conquista: Servidores da Prefeitura estão sendo convocados para devolver auxílio emergencial, mas eles afirma que foram vítimas de uma fraude

Servidores da Prefeitura de Vitória da Conquista entraram em contato com o Blog do Sena relatando que foram vítimas da fraude de auxílio emergencial. Eles disseram que receberam um documento da Secretaria Municipal de Administração, assinado pelo secretário Kairan Rocha, solicitando a devolução do auxílio recebido, uma vez que, sendo funcionários públicos, não fazem jus ao benefício.

De acordo com o texto, ao qual nossa redação teve acesso com exclusividade, a Prefeitura informa que foi notificada pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, o qual apresentou uma lista com os servidores que teriam recebido indevidamente o auxílio.

No entanto, eles dizem jamais terem se cadastrado e também recebido as parcelas de R$ 600 destinadas à pessoas em situação de vulnerabilidade social. Uma das vítimas afirma que o golpista teve acesso aos seus dados pessoais, como CPF e CadÚnico, tendo conseguido receber 3 parcelas.

As vítimas estão desesperadas tanto pela fraude quanto por não terem condições de devolver o valor, que afirmam nunca terem recebido. Os servidores têm um prazo de 15 dias para devolver o valor a contar pela data de entrega da notificação, além disso, podem responder por crime de falsidade ideológico, posto que é necessários apresentar declarações para o recebimentos do benefício.

Juntamente com o documento, foi entregue pela Prefeitura um papel com orientações tanto para a devolução dos valores quanto para os mesmos prestarem queixa caso tenha sido vítimas de um falsário. Assim, eles deverão consultar se seus dados pessoais constam no site consultaauxilio.dataprev.gov.br, tendo sido confirmado o uso irregular dos dados, o servidor deve registrar um boletim de ocorrência informando a fraude.

O Blog do Sena entrou em contato com a Prefeitura através da Secretaria de Comunicação para saber como a Prefeitura está atuando para ajudar os funcionários e se existe a possibilidade de vazamento de informações dos funcionários, no entanto, não fomos respondidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.