Conquista: Famílias sem moradia seguem acampadas em terreno no Bairro Vila América e pedem posicionamento da Prefeitura; Confira o vídeo

Há cerca de uma mês, o Blog do Sena divulgou a situação de dezenas de famílias que ocuparam um terreno na Avenida Vladimir Herzog, no bairro Vila América, em Vitória da Conquista. Semanas após a ocupação, limpeza e loteamento da área, representantes da Prefeitura estiveram no local, removeram as demarcações dos lotes e jogaram entulho no local, sem prestar qualquer esclarecimento às pessoas que estavam ali.

A revolta das famílias aumentou porque no dia anterior, eles haviam feito um cadastro na Prefeitura, por solicitar de representantes que estiveram no local dialogando com ele.

Mesmo após a intervenção da Prefeitura, as famílias seguiram acampadas na área. Por meio da Secretaria Municipal de Comunicação, o governo municipal informou que parte daquela área foi cedida à empresa Torre, por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), para que fosse construído um Ecoponto no local.

O Blog do Sena esteve no local neste fim de semana, e conversou com Rosângela Rocha, que é representantes dessas famílias. Ela disse que foi feita uma reunião com a prefeita em exercício, Sheila Lemos, há alguns dias, é que a gestora que ficou de apresentar novidades para as famílias, mas eles ainda não tiveram retorno.

As famílias questionam o motivo pelo qual as demarcações foram removidas, uma vez que o terreno tem área suficiente para abrigar o Eocponto e também as residências que eles pretendem construir. Somente 3 mil metros quadrados, dos 8 mil metros quadrados totais, foram destinados ao Ecoponto.

Rosângela disse à nossa equipe que as famílias aceitariam um outro local para construir suas casas, mas sobre isso eles também não tiveram um retorno da Prefeitura. A situação já se arrasta por mais de 40 dias e o sentimento que fica é da completa falta de diálogo com o poder público municipal.

Confira a entrevista na íntegra:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.