“Isso é pirotecnia, coisa de gente que joga com o sistema político e ficou ‘mordida’ porque não vai assumir mandato”, afirma David Salomão sobre caso do vereador eleito Orlando Filho

Nesta sexta-feira (18), a Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista realizou a última sessão ordinária do ano de 2020. O Blog do Sena esteve presente e acompanhou o andamento e aproveitou para entrevistar o ex-candidato a prefeito e vereador David Salomão (PRTB).

O vereador fez um balanço positivo sobre seu mandato e disse que o trabalho por Vitória da Conquista continua. “Eu só tenho a agradecer a Deus por me dar a oportunidade de representar um cidade tão linda como Vitória da Conquista. Continuaremos trabalhando, sou deputado federal suplente pela Bahia, e continuarei trabalhando e sendo a voz do povo baiano, conquistense e, de modo geral, do povo brasileiro”, ponderou.

Como foi durante os quatro anos, o partido do vereador e ele como presidente municipal do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) está no centro de uma polêmica. Isso porque o vereador eleito Orlando Filho pode não assumir o mandato, por conta de uma denúncia de candidaturas laranjas feita pelo promotor eleitoral José Junseira Almeida de Oliveira.

De acordo com a denúncia, o PRTB teria usado candidaturas laranjas para completar a cota de gênero e cumprir a legislação eleitoral. O partido apresentou 25 candidatos a vereador, sendo 17 homens e oito mulheres, entre as quais, as duas suspeitas.

Salomão afirmou que o assunto não é nada além de “pirotecnia” e reforçou que o partido é limpo. “Isso é pirotecnia, coisa da turma do contra. Tem uma galera que faz parte do esquema político, gente que joga com o sistema político e ficou ‘mordido’ porque não vai assumir mandato. O PRTB é o único partido que recusou dinheiro público em campanha política, então quase o interesse do partido em fazer coisa errada? Eles ficaram mordidos porque o PRTB conseguiu fazer uma vereador com muita honra”, declarou.

Caso a denúncia seja comprovada pela Justiça Eleitoral, o vereador Orlando Filho terá o registro de candidatura cassado e não assumirá o mandato. Nesse cenário, quem assumiria a vaga seria Edvaldo Júnior, suplente do candidato do PRTB, Orlando Filho, nomeado nesta-quinta (17), devido a maior sobra, uma média de 6.001 votos válidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.