Conquista: Funcionário do alto escalão da Prefeitura é proibido por meio de uma liminar de divulgar Fake News

Um funcionário do alto escalão do governo Herzem Gusmão está proibido de divulgar fake news sob pena de ter que pagar multa de R$ 5 mil por cada notícia falsa propagada. A liminar foi expedida pela juíza Márcia da Silva Abreu, da 4ª Vara Cível de Vitória da Conquista e foi publicada na última terça-feira (15).

A liminar foi requerida pelo Diretório Municipal dos Partidos dos Trabalhadores (PT) após ser divulgada em aplicativos de mensagem uma imagem feita antes da pandemia dos deputados Waldenor Pereira e Zé Raimundo e do senador Jaques Wagner, com um áudio gravado por Augusto Cardoso Filho, que ocupa um cargo comissionado na Prefeitura, no qual afirmava que “turma do PT estava se aglomerando em plena pandemia”.

A foto foi tirada em uma visita dos deputados e do senador na época da inauguração do Aeroporto Glauber Rocha e publicada em uma matéria em um blog da cidade, no último ano. Contudo, a postagem tenta fazer parecer que a reunião ocorreu durante a pandemia de Coronavírus.

Por meio da análise da matéria em questão e das demais imagens presentes na matéria divulgada no blog, foi possível constatar que a fotografia havia sido retirada dali e publicada em vários desse aplicativo de mensagens foram de contexto.

A juíza lembrou que notícias falsos causam danos morais aos envolvidos e entendeu também que a atitude foi uma tentativa de interferir no processo eleitoral que se aproxima.

O Blog do Sena tentou contactar Augusto, mas, até o fechamento dessa matéria, não obteve retorno.

Confira a liminar na íntegra:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.