Ex-prefeito de Condeúba Odílio da Silveira volta a ter bens bloqueados pela Justiça

O ex- prefeito de Condeúba, Odílio da Silveira teve seus bens bloqueados pela justiça mais uma vez a pedido do Ministério Público Federal. Odílio é suspeito de desviar verbas, dos cofres públicos municipais, que seriam aplicadas em uma obra no Distrito de Mandaçaia. O juiz da Comarca de Condeúba, Dr. Wander Cleiver, atendeu ao pedido do MPF e determinou a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito

Em 2006, a Prefeitura de Condeúba realizou um pagamento à empresa COMAC para fornecer materiais para construção do vestiário localizado no povoado da Mandaçaia, na zona rural do município. No entanto, não foi comprovada a existência e a utilização dos supostos itens adquiridos que justifiquem o processo de quitação da despesa.

Segundo informações, Odílio teria admitido que os recurso utilizado para adquirir os itens para construção do vestiário poderiam possivelmente ter sido investidos em outras obras municipais.

Além dessa ação judicial, o ex-prefeito teve também bloqueados 1,5 milhão de reais em bens, em uma ação judicial que tramitou na Justiça Federal, por desviar recursos públicos da saúde em 2013. Nessa ação ele foi condenado em primeira instância e aguarda julgamento de apelação pelo Tribunal Regional Federal da 1° Região. Dentre os atos ilícitos estavam informações imprecisas nos editais para inviabilizar a concorrência; utilização de documentos falsos em processos licitatórios inexistentes; direcionamento dos resultados das licitações para a empresa e pagamentos indevidos, acima do previsto no contrato, sem comprovação dos serviços prestados e, em alguns casos, fora do prazo de cobertura contratual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.