Conquista: 1.619 casos confirmados de dengue, 10 de zika e 19 de chikungunya

Desde o mês de janeiro, até a última sexta-feira (3), foram notificados 5.487 casos suspeitos de arboviroses – Dengue, Zika e Chikungunya – em Conquista. Nos últimos sete dias, foram registrados 360 novos casos, de acordo com informações do boletim semanal do Centro de Controle de Endemias, referente à 27ª semana epidemiológica.

Os bairros Cruzeiro (435), Patagônia (244), Alto Maron (222), Vila América (208), Centro (193), Alto da Boa Vista (173) e Brasil (166), apresentam os maiores números de pessoas notificadas com suspeita de contaminação por dengue, zika ou ckikungunya.

DENGUE – 399 pessoas que aguardavam resultado testaram positivo, aumentando para 1619 casos confirmados no município. 1.516 exames laboratoriais apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à dengue e 317 foram descartados. No total, foram notificados 4.322 casos e 867 seguem aguardando resultado laboratorial. Três pacientes, que eram residentes do município, vieram a óbito por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – 761 pessoas foram notificadas com suspeita de contaminação e mais três pessoas apresentaram resultado laboratorial positivo, totalizando 10 casos confirmados. Outras 311 tiveram resultado laboratorial inconclusivo para Zika e 51 apresentaram resultado negativo. Ainda aguardam resultado laboratorial 389 pessoas.

CHIKUNGUNYA – Mais quatro pessoas tiveram resultado de exame laboratorial positivo e, com isso, subiu para 19 o número de casos confirmados. Foram notificados 404 casos suspeitos e 385 estão aguardando análise laboratorial.

Mesmo neste período de pandemia da Covid-19, os agentes de endemias continuam realizando visitas nas residências que possuem acesso pela lateral, inspecionando terrenos baldios, realizando bloqueio nas localidades com maior número de notificações e ações educativas junto aos moradores – seguindo as medidas preventivas orientadas pelo Ministério da Saúde. Além disso, até o dia 15 de julho, está sendo feita a pulverização de inseticida a Ultra Baixo Volume (UBV), o popular fumacê, nas localidades do Vila Elisa, Santa Cruz, Lagoa das Flores 1 e 2.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.