Quase dois mil postos de trabalho foram fechados em Vitória da Conquista em março e abril

Os impactos da pandemia provocada pelo coronavírus (Covid-19) já são reais na manutenção do emprego em várias partes do mundo e do Brasil. Em Vitória da Conquista, na Bahia, 1.910 vagas formais de trabalho com carteira assinada foram encerradas nos meses de maço e abril.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), disponibilizados esta semana. Os números apontam que houve retração no emprego nos setores de Serviços, Comércio, Indústria e Construção.

No dois meses, foram fechados 615 vagas somente nas lojas e demais empreendimentos comerciais. Somente em abril, foram 521 postos de trabalho fechados nestes estabelecimentos.

Todo o setor de Serviços, incluindo o setor hoteleiro e de alimentação fechou 888 vagas nos dois últimos meses.

A queda na disponibilidades de vagas coincide com a chegada do Coronavírus no Brasil. As empresas de Vitória da Conquista fecharam 69 postos de trabalho em janeiro, como é comum após o encerramento das contratações temporárias de fim de ano e criaram 598 vagas no mês de fevereiro, com saldo de 529 vagas em relação ao final de 2018.

Com as medidas de isolamento social implantadas na cidade, apontadas pelas autoridades de saúde como a principal forma de conter a disseminação do vírus, já que não há vacina nem medicamento com eficácia comprovada, muitos serviços tiveram o funcionamento comprometido ou totalmente paralisado e todo o comércio considerado não essencial teve de ser temporariamente fechado.

Com as lojas fechadas, a demanda do setor da Indústria também caiu, resultando no fechamento de 229 vagas. A Construção Civil perdeu 178 trabalhadores no município de março a janeiro. O setor de Agropecuária se manteve estável.

Considerando os quatro primeiros meses de 2020, o saldo de empregos é de 1.381 vagas fechadas. Foram 6.644 admissões contra 8.025 demissões.

*Agência Sertão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.