Eleições 2020: Edivaldo Ferreira Jr. e Diego Gomes devem deixar secretarias e assumir coordenações visando às eleições em outubro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu manter o calendário das eleições 2020 mesmo com a pandemia de Coronavírus. Dessa forma, os secretários municipais que desejam candidatar a vereador devem deixar os cargos até o próximo sábado (4), quando faltará seis meses para o pleito.

Em Vitória da Conquista, há rumores de que o secretário municipal de Transparência , Diego Gomes, e suplente de vereador e atual o chefe de Gabinete Civil, Edvaldo Ferreira Júnior, devem deixar os cargos e assumir coordenações. O motivo seria o fato de coordenadores terem até julho para sair das coordenações e concorrer ao pleito. Enquanto, secretários têm de deixar cargos até abril.

Diego Gomes é filiado ao Democratas (DEM) e já chegou a acumular também as secretarias de Transparência e também de Comunicação durante o governo Herzem. Em contato com o Blog do Sena, ele afirmou: “Agora, para 2020 estamos sendo capacitados para debater as cidades, com o grupo de professores da melhor qualidade no país. Então, estou aprendendo mais e me atualizando cada vez mais. São quase que 100 horas de curso e que tenho feito as noites, madrugadas e finais de semana. Continuo no DEM. Sou filiado desde 2007, fui vice presidente entre 2011 e 2015 e retornei ao cargo em 2018 com a presidência de Sheila Lemos”.

Edvaldo Ferreira Jr. é filiado do Partido Democrático Trabalhista (PDT), sendo suplente de vereador e esteve no legislativo, onde assumiu por um tempo a liderança do Governo Municipal, quando Gilmar Gama saiu para assumir o cargo de secretário municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural. Com o retorno de Gilmar, ele deixou o mandato na Câmara e assumiu o Gabinete Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.