PT coleta mensagens ofensivas sobre neto de Lula e estuda ir à Justiça

O Partido dos Trabalhadores (PT) estuda a possibilidade de entrar com ações na Justiça contra os usuários que publicaram mensagens ofensivas sobre a morte do neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o garoto Arthur, de 7 anos, vitimado na última sexta-feira (1º) pela meningite menigocócica. A informação foi divulgada pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha.

Segundo a colunista, um grupo de funcionários atuam na coleta e análise de cada publicação. Entre elas está a declaração de Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro e deputado pelo estado de São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.